O Maravilhoso Livro das Permissões

  • Idioma: Português (Brasil)
  • Forma de Acesso: Arquivo Digital
  • Formato: E-books, Documentos
  • Segmento: Desenvolvimento Pessoal
Compartilhe:

Descrição

O MARAVILHOSO LIVRO DAS PERMISSÕES
Por Paula Abreu

A escritora e Coach de Alta Performance Paula Abreu acredita que você está pronto para ser a melhor versão de você mesmo.
E isso passa por se permitir mais.

Às vezes você não se dá permissão nem mesmo para as coisas mais simples. Muitas vezes, nem pensa sobre o que realmente quer, do que gosta. Que coisas na sua vida está fazendo só para agradar os outros?

Este livro é um resumo de ideias e permissões a Paula colecionou ao longo de alguns anos atendendo centenas de clientes de coaching.

Deixe a sua luz brilhar e espalhe a permissão para que todos ao seu redor brilhem também.

Às vezes, você resolve ser “super positivo” e, a partir daí, começa a reprimir tudo o que julga não ser “positivo”. Ou resolve ser “tranquilo” e exclui da sua vida toda a agressividade ou impaciência, ou o que julga não ser “tranquilo”, e assim por diante.

Acontece que, sempre que você reprime uma emoção, ela não deixa de existir! Ela continua vivinha da Silva, só que escondida dentro de você.

Ao negarmos nossas emoções, estamos rejeitando o momento presente, e o momento presente é sempre perfeito (inclusive as partes dele que a gente “julga” não serem perfeitas!).

Aceitar o que você está sentindo faz parte de aceitar o momento presente. De estar em paz com você mesmo e com o universo.

Ao ouvir que você precisa acolher e aceitar a sua emoção, cuidado! Não quer dizer que você precisa se identificar com ela!

Por exemplo, se você está sentindo raiva, você pode observar essa raiva, aceitar que a está sentindo e até se permitir socar uma almofada, mas você não precisa se tornar uma pessoa raivosa e agressiva.

Entende a diferença?

E por quê é importante se permitir sentir as suas emoções todas, sem exceção?

Porque toda vez que você coloca uma emoção pra baixo do tapete, começa a projetar essa mesma emoção em outras pessoas, situações e circunstâncias da sua vida.

Ou seja, você passa a criar uma realidade que inclui essa emoção que você tentou excluir à força do seu mundo. Porque nada pode ser excluído!

No exemplo acima, se você reprime a sua raiva, provavelmente você vai encontrar mais pessoas ou situações que te irritam, ou vai interagir com pessoas agressivas (muitas vezes sem nenhum motivo aparente!).

E como fazer pra parar esse processo de repressão e projeção, como parar de atrair pra sua vida exatamente aquilo que você não quer?

Pratique higiene mental

Você usa seu cérebro e sua mente o dia inteiro em níveis absurdos se comparar com uma pessoa de um século atrás, porque a gente tem acesso a mais informação em um exemplar de jornal de domingo do que os caras tinham em uma vida. Tem que faxinar tudo isso!
Pode ser com uma meditação guiada de menos de cinco minutos que faz essa limpeza lindamente.

Se alimente direito

Um pouco óbvio? Deveria ser, mas mesmo assim a gente fala!
Coma comida especialmente vegetais. Nada em excesso!

Respire

Quando você está estressado, a sua respiração fica concentrada majoritariamente no peito.
A partir de hoje, todos os dias ao acordar, respire 10 vezes enchendo a barriga ao inspirar e esvaziando ao expirar. Essa prática facílima vai reduzir o seu estresse (e o melhor, você pode repetir várias vezes ao dia, sempre que sentir que precisa).

Beba mais água

Independente de quanta água você bebe hoje: beba um pouco mais!
Logo que acordar, beba um copo de água com algumas gotas de limão (isso torna a água alcalina e uma ótima forma de começar o seu dia, sem você ter que comprar um filtro de 5 mil reais). Se beber café, que é uma bebida que desidrata o corpo, beba junto a mesma quantidade de água. Se beber álcool, idem.

Alongue

Na cama mesmo, assim que acordar, estique os braços pra cima e as pontas dos pés pra baixo. Depois, abrace alternadamente cada uma das pernas. Por fim, abrace as duas e gire o corpo de um lado pro outro. Comece o dia com um carinho em você mesmo.

Fique quieto

Separe pelo menos 5 minutos do seu dia pra ficar em silêncio e não fazer nada. Não pode ler livro. Não pode olhar o whatsapp. Não pode ouvir música relaxante. Não pode nem meditar. É pra ficar olhando pro teto mesmo, sem pensar em nada especial.

Destralhe

Jogue fora tudo o que está velho, quebrado, escangalhado, lascado, furado, puído, estragado, fora do prazo de validade. Nas suas gavetas, na sua geladeira, nos seus relacionamentos, no seu trabalho. Abra espaço para o novo na sua vida.

EM TEMPOS DE CRISE, NO QUE INVESTIR?

A primeira coisa na qual automaticamente pensamos é algo que esteja relacionado a dinheiro. Mas existem coisas mais importantes nas quais devemos pensar em investir sempre e a crise é um momento onde podemos resgatar isso.

O momento atual nada mais é que o somatório da crise que muitas pessoas estão passando individualmente. Ele nos faz pensar que não haverá espaço para todo mundo, que se alguém está prosperando não vai sobrar uma fatia desse bolo para você. Ou seja, que não há espaço para todos fazermos sucesso ou dinheiro juntos.

Para ultrapassarmos este momento devemos então começar por nós e para isso é preciso que abandonemos esta vibração da escassez e nos alinhemos com a vibração correta do universo, a vibração da abundância.

Como já foi dito, um ótimo investimento é a nossa saúde.

Quantas horas de sono você tem por noite? Você tem se exercitado regularmente? Está meditando com frequência?

Quando eu falo em saúde é fácil para vocês pensarem “ah, mas eu não tenho dinheiro para comprar comida orgânica, pagar uma academia e etc”.

Mais uma vez não estamos falando aqui sobre dinheiro!

Não é preciso pagar para dormir no mínimo 7 horas por dia, para fazer uma caminhada de 30 minutos no quarteirão, no parque, na praia ou na lagoa também não.
Beber bastante água também não tem custo e te faz uma pessoa muito mais saudável.
Meditar também é de graça!
Tire uns minutinhos do seu dia para fechar os olhos, prestar atenção na sua respiração e estar com você. Se você já faz isso, tire mais alguns.

Pense também que o resultado não precisa ser uma obra de arte.

Você não precisa ser o melhor ou se tornar um expert, afinal, não está fazendo isso para ninguém além de você. Esses vão ser os seus dez minutinhos de prazer, onde você não precisa pensar nos seus problemas.

Podemos também investir em nosso conhecimento e sabedoria, nas coisas que gostaríamos de aprender. Em tempos de crise temos que ser criativos e tem muito aprendizado acessível sem precisarmos gastar nada. A internet, por exemplo, é uma fonte inesgotável de conteúdo gratuito.

Aproveite os tempos de crise para descobrir quais são as suas verdadeiras riquezas. Muito provavelmente você vai descobrir que não tem nada a ver com grana…

 

 

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Maravilhoso Livro das Permissões”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *